Parlamentares brasileiros pedem em Roma compromisso do G8 com clima

Cerca de cem parlamentares das principais potências industrializadas e em desenvolvimento do mundo, entre eles três brasileiros, fizeram nesta sexta-feira um apelo em Roma aos líderes do G8 para que adotem medidas concretas contra as mudanças climáticas na próxima cúpula do grupo.

AFP |

O Fórum de legisladores Globe (Organização Global de Legisladores para um Ambiente Equilibrado), que reúne em Roma deputados e senadores dos países do G8+5 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Rússia, Japão, Brasil, México, China, Índia e África do Sul), pressiona para que se chegue a um acordo base em julho, antes da cúpula sobre o clima da ONU prevista para dezembro em Copenhague, Dinamarca.

"O momento atual é diferente e é vital para que se chegue a acordos na cúpula de Copenhague. Com o presidente americano Barack Obama, há uma maior compreensão do problema", disse à AFP o senador Renato Casagrande.

Obama, que fez parte do Globe, "conhece o mundo, e não só os Estados Unidos, e por isso as expectativas são maiores", destacou Casagrande.

Os legisladores, entre eles os brasileiros Cícero Lucena e Luciano Pizzatto, assim como os mexicanos César Duarte, José Espinosa e o colombiano Davil Luna, presidente do Globe, estão elaborando um projeto de acordo para apresentar aos participantes da cúpula do G8 que acontecerá em julho na cidade italiana de L'Aquila.

"O desafio atual são as mudanças climáticas, que devem ser enfrentadas pelas instituições, pelas forças econômicas, sociais e culturais para promover medidas energéticas mais limpas e mobilizar recursos para a redução das emissões de gases poluentes", resumiu o presidente da câmara dos Deputados italiana, Gianfranco Fini, ao abrir o encontro.

kv/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG