O deputado conservador Andrew Bridgen, 46 anos, foi solto sob fiança depois de ser interrogado pela polícia

Um parlamentar conservador britânico foi preso em Londres, nesta quinta-feira, acusado de ter agredido sexualmente uma mulher. Bridgen, 46 anos, casado e do distrito de North West Leicestershire, foi preso depois de  acusações de assédio sexual feitas por uma funcionária do Parlamento de 29 anos.

Segundo a BBC, o deputado de 46 anos foi posto em liberdade pagando uma fiança após ter sido interrogado pela polícia.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a mulher que acusou o parlamentar trabalhava no Parlamento, mas não era do gabinete de Bridgen.

Partido

O Partido Conservador recusou a comentar a prisão, dizendo que se tratava de um assunto para a polícia.

O parlamentar é casado desde 2000 com Jacqueline, com quem tem dois filhos, Alexander e Benjamin. Depois de receber treinamento como oficial de infantaria da Marinha britânica, ele trabalhou nos negócios de jardinagem da família e levou adiante uma empresa de frutas e vegetais com seu irmão em 1988.

Nas eleições de 2010, Bridgen venceu por uma vantagem de 12% sobre os trabalhistas.

*Com BBC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.