O ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, saudou a coragem dos eleitores iraquianos que participaram neste domingo das eleições legislativas do Iraque, apesar de uma série de atentados que deixou pelo menos 38 mortos e 110 feridos.

"Os iraquianos se mobilizaram em massa para votar nas eleições legislativas, apesar da violência terrorista (...)", indicou Kouchner em um comunicado.

"Saúdo a coragem dos eleitores iraquianos. Hoje, se manifestaram para seu futuro e o de seus filhos", acrescentou.

"Esta mobilización é a prova da vontade do povo iraquiano de virar a página de suas dificuldades do passado, de sua rejeição ao terrorismo, e de sua determinação em construir um Iraque democrático que olhe para o futuro", acrescentou o ministro.

Cerca de 19 milhões de eleitores foram convocados para eleger 325 deputados para um mandato de quatro anos durante o qual 96.000 soldados americanos deixarão definitivamente o Iraque. Doze coalizões envolvendo 74 partidos políticos estão na disputa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.