prova viva de que as loiras não são burras - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Paris Hilton diz ser a prova viva de que as loiras não são burras

Madri, 9 dez (EFE) - Aos 27 anos, Paris Hilton, prova viva de que as loiras não são burras, segundo ela mesma afirmou em Madri, acumula já uma década de sucessos e escândalos, que a transformaram em uma das 100 celebridades mais influentes do mundo. Paris está em Madri para promover o site keteke.com, uma espécie de Orkut.

EFE |

A curta biografia da estrela, a mais velha dos quatro filhos dos multimilionários Richard Hilton e Kathy Richards e neta deserdada do dono da cadeia de hotéis Hilton poderia se chamar: "E com ela chegou o escândalo".

Paris é modelo, atriz e cantora, "mas, antes de tudo uma mulher de negócios, que quer criar seu próprio império empresarial", disse em entrevista coletiva.

Admiradora do presidente eleito americano, Barack Obama, de quem acredita que, "embora as crises não serão fáceis, sua eleição foi um canto de esperança, que vai trazer muitas mudanças. Por enquanto não, mas talvez algum dia eu chegue a ser presidente", ironizou.

Paris não tem "uma solução para a crise, talvez criar emprego para o povo e baixar os impostos, mas acho que as pessoas deveriam gastar menos", afirmou.

Ela acaba de se dar um último capricho, um Bentley "baby pink", cujo preço passa dos US$ 500 mil. "Trabalho muito e isso é apenas uma recompensa", ressalta.

A milionária acredita que uma celebridade é uma pessoa que "tudo o que faz interessa às pessoas, mas isso tem um preço, a perda de privacidade".

"É impossível ficar linda o dia todo. Claro que há uma Paris Hilton pública e outra mais caseira, que gosta de ficar em casa, confortavelmente vestida e de chinelo", comentou. EFE car/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG