A Presidência francesa desmentiu nesta quinta-feira supostas declarações sobre o primeiro-ministro da Espanha, José Luis Zapatero, atribuídas ao presidente francês, Nicolas Sarkozy, pelo jornal francês Liberation.

Segundo o Liberation, Nicolas Sarkozy, que almoçava na quarta-feira com parlamentares de direita e de esquerda para abordar a crise, disse que Zapatero "talvez não fosse inteligente".

Ao ser perguntado pela AFP, o Palácio do Eliseu desmentiu essas declarações.

Alguns dos que participavam do almoço, como o presidente da comissão de Finanças da Assembleia Nacional, Didier Migaud, asseguraram nesta quinta-feira à AFP que "essas declarações não foram feitas pelo presidente da República".

gg-pol/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.