Paris confirma desaparecimento de 2 jornalistas franceses no Afeganistão

Paris - O Ministério de Exteriores da França confirmou nesta quinta-feira que, desde quarta-feira, não se sabe o paradeiro de dois jornalistas franceses que trabalhavam no Afeganistão e disse que nenhuma hipótese pode ser excluída.

EFE |


A diplomacia francesa não confirmou se os dois repórteres foram sequestrados por homens armados pertencentes à insurgência afegã, como tinha informado a imprensa francesa, minutos antes.

A rede de televisão pública "France 3" confirmou que não tem contato desde ontem com dois de seus jornalistas que preparavam uma reportagem na região. A emissora não precisou a identidade dos jornalistas.

Segundo o ministério, também não há notícias das pessoas que acompanhavam os jornalistas.

"Tanto em Paris quanto em Cabul, todos os meios estão mobilizados para localizar nossos compatriotas nos prazos mais curtos", indicou o ministério, em comunicado.

O ministério lembrou que, neste tipo de caso, "a discrição é indispensável para a eficácia de todas as ações".

Segundo a emissora "France Info", os desaparecidos são um jornalista e um cinegrafista que circulavam em um veículo pelo noroeste do país, entre os vales de Surobi e Kapisa, onde fica a maior parte das tropas francesas no Afeganistão.

A rádio pública indicou que os jornalistas foram sequestrados por cinco homens armados que pertencem à insurgência afegã.

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG