Paris, 27 dez (EFE).- O Governo francês condenou hoje as detenções arbitrárias e a violência cometida contra opositores ao regime iraniano nas ruas de Teerã, onde pelo menos quatro pessoas morreram, segundo fontes da oposição.

Os manifestantes que protestavam na capital iraniana pretendiam "defender seu direito à liberdade de expressão e sua aspiração à democracia", segundo um comunicado do Ministério de Exteriores francês.

"A França manifesta sua grande preocupação como consequência da violência que acompanhou hoje as manifestações no centro de Teerã", diz a nota.

O Governo francês envia suas condolências aos familiares das vítimas e "presta homenagem a esse grande valor que honra o povo iraniano".

As autoridades francesas manifestaram também que, "frente à persistência dos movimentos populares e ao agravamento da repressão" é necessária "uma solução política" no Irã. EFE jam/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.