Paris: começa o julgamento do caso Clearstream

O julgamento do caso Clearstream, uma suposta armação política, que coloca frente a frente o ex-primeiro-ministro francês, Dominique de Villepin, acusado, e o atual presidente francês, Nicolas Sarkozy, acusação civil, começou nesta segunda-feira no tribunal de Paris.

AFP |

"Estou aqui por vontade de um homem. Estou aqui pela irritação de um homem, Nicolas Sarkozy, que é também o presidente da República", afirmou Villepin à imprensa após sua chegada ao tribunal, acompanhado de sua esposa e seus três filhos.

Villepin, 55 anos, acusado por "denúncia caluniosa", é um dos cinco acusados nesta suposta armação política que consistiu em levar à justiça uma lista falsa de personalidades que tinha contas em um organismo financeiro luxemburguês chamado Clearstream.

Nesta lista aparecia o presidente Sarkozy com a identidade de seu pai.

Sarkozy, que acusa Villepin de querer impedir sua chegada à presidência, é uma das 41 acusações civis neste processo que durará até 23 de outubro.

Villepin, que nestes anos se declarou "vítima de uma instrumentalização política", manifestou nesta segunda-feira sua confiança na justiça.

"A justiça é um bem precioso, mas também um bem frágil que requer o compromisso de todos. Sei que a verdade triunfará", destacou antes de voltar à sala.

cml-mra/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG