Paramilitares amotinados em Bangladesh aceitam entregar as armas

Os soldados de uma unidade paramilitar de Bangladesh, amotinados desde quarta-feira, aceitaram nesta quinta-feira entregar as armas e voltar para os quarteis, anunciou o ministro do Interior, citado pelo canal de televisão ATN Bangla.

AFP |

Os insurgentes acabaram com a rebelião depois do discurso da primeira-ministra Hasina Wajed, que exigiu o fim do motim, afirmou Sahara Khatun.

"Deixem as armas e voltem a seus quarteis imediatamente", afirmou Hasina Wajed em um discurso exibido pela TV nesta quinta-feira.

"Não tomem este caminho suicida. Não me obriguem a adotar medidas duras. Somos conscientes de seus problemas", advertiu a premier.

sa/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG