Paraguaios lembram Dia da Independência com atos culturais

Assunção, 15 mai (EFE).- Os paraguaios lembraram hoje o 198º aniversário da independência do país com vários atos culturais, assim como com o lançamento do programa de atividades do Bicentenário, que será realizado entre 14 e 15 de maio de 2011.

EFE |

As celebrações, iniciadas na véspera, incluíram apresentações teatrais de trechos do processo de independência do país em locais históricos da capital, assim como shows e festivais de dança em centros culturais e praças públicas.

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, e o chefe de Estado do Uruguai, Tabaré Vázquez, lideraram os principais atos.

O líder uruguaio, que realizou uma visita de menos de 24 horas a este país em resposta a um convite de Lugo, acompanhou o presidente paraguaio na manhã de quinta-feira para depositar flores no Panteão dos Heróis.

Os dois líderes foram também a um evento na Catedral Metropolitana e, em seguida, presenciaram um desfile militar perante o Palácio de López, sede do Governo.

Lugo participou ontem à noite da apresentação da Comissão Nacional de Comemoração do Bicentenário em um ato perante o Parlamento.

O ato incluiu a instalação de um relógio digital diante da sede do Parlamento com o qual se inicia a contagem regressiva para os 200 anos da declaração de independência. EFE rg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG