Paraguai reconhece Estado palestino com fronteiras de 67

Em nota, Ministério das Relações Exteriores reiterou apoio e reconhecimento anunciados pelo Brasil em dezembro

iG São Paulo |

O ParaguaI anunciou nesta sexta-feira, em um comunicado do Ministério das Relações Exteriores, seu reconhecimento dos territórios palestinos como Estado "livre e independente" com as fronteiras de 1967. 

"A República do Paraguai reitera expressamente o reconhecimento deste Estado como livre e independente com as fronteiras de 4 de junho de 1967", indica a nota da chancelaria paraguaia. 

O governo indicou que o objetivo do reconhecimento é "reafirmar sua convicção de que as negociações entre Israel e a Autoridade Nacional Palestina devem recomeçar para alcançar a paz e a segurança para as duas nações".

Na segunda-feira foi a vez de o governo do Peru reconhecer o Estado palestino nas fronteiras de 1967. As declarações ocorrem depois de o Brasil ter se pronunciado, através de carta do Itamaraty, em que o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falava sobre o reconhecimento, em resposta ao pedido do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

Seguem o movimento de reconhecimento também os países Chile, Argentina, Bolívia e Equador.

*Com AFP

    Leia tudo sobre: israelestado palestinooriente médiofronteiras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG