Paraguai quer regularizar situação de cidadãos que vivem no Brasil

Assunção, 21 ago (EFE).- O Governo do Paraguai deu início a um processo para ajudar as autoridades brasileiras na regularização de quase 30 mil paraguaios que vivem no Brasil, em sua maioria na cidade de São Paulo, anunciaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O ministro das Relações Exteriores paraguaio, Héctor Lacognata, informou sobre algumas medidas como a habilitação de um escritório adicional do Consulado do Paraguai em São Paulo, assim como a gratuidade na expedição de certificados de nacionalidade.

Lacognata explicou à imprensa que, no último dia 31, uma delegação paraguaia se reuniu no Brasil com representantes da Polícia Federal e outras autoridades ligadas à área migratória para debater o assunto.

"Na ocasião, as autoridades brasileiras demonstraram sua vontade em garantir o cumprimento da Lei de Anistia, referente à regularização migratória de imigrantes ilegais no Brasil", afirmou a Chancelaria paraguaia em comunicado.

Segundo o texto oficial, "se estima que há entre 25 mil e 30 mil cidadãos paraguaios em situação migratória irregular na cidade de São Paulo, majoritariamente jovens em situação vulnerável".

"Novos escritórios serão habilitados no Brasil e trabalharemos da mesma forma na Argentina e na Espanha, países onde existe maior quantidade de paraguaios em situação migratória irregular", acrescenta o comunicado. EFE lb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG