Paraguai: outra mulher diz ter filho com Lugo, que não confirma nem desmente

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, não confirmou nem desmentiu a eventual paternidade de um segundo filho, desta vez de 6 anos, reclamada nesta segunda-feira por outra mulher, que deu a ele um prazo de 24 horas para admiti-lo sob pena de exigir um teste de DNA através da justiça.

AFP |

"Estou disposto a agir sempre com o argumento da verdade e a colocar-me à disposição da justiça", destacou o chefe de Estado num breve mensagem divulgada à imprensa na casa presidencial.

Anunciou que um advogado se encarregará dos trâmites judiciais para enfrentar a nova acusação.

A mulher foi identificada como Benigna Leguizamón, de 27 anos, para quem o ex-bispo é pai de seu filho Lucas Fernando, nascido em 9 de setembro de 2002 no departamento de San Pedro. O ex-prelado era justamente titular da diocese de San Pedro, a região mais pobre do país.

Lugo não foi nesta segunda-feira ao palácio de Governo, preferindo receber sua equipe na própria casa.

Na segunda-feira passada, Lugo admitiu ter concebido um filho com Viviana Rosalith Carrillo Cañete, de 26 anos. A criança, Guillermo Armindo, fará 2 anos no dia 4 de maio próximo.

hro/pz/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG