Paraguai expressa satisfação por libertação de reféns das Farc

Assunção, 2 jul (EFE) - O Governo paraguaio expressou hoje plena satisfação com o resgate de Ingrid Betancourt, após seis anos de cativeiro na selva colombiana, e dos outros 14 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e reafirmou seu apoio ao processo de paz na Colômbia. As autoridades de Assunção manifestaram ainda através de um comunicado da Chancelaria sua solidariedade para com todas as vítimas do seqüestro e destaca a pronta libertação daquelas pessoas que continuam retidas pela guerrilha. O Governo paraguaio expressa sua plena satisfação com o resgate da cidadã colombiana Ingrid Betancourt (...

EFE |

), além de outros reféns colombianos e americanos", aponta o texto oficial.

Além disso, "reitera seu firme respaldo ao processo de paz na irmã República da Colômbia e faz votos de uma solução definitiva ao conflito interno".

A Chancelaria também ratificou "os históricos laços de amizade que unem ambas as nações".

Betancourt, que permanecia seqüestrada desde 2002, foi resgatada junto com três cidadãos americanos e outros 11 militares e policiais em uma operação do Exército da Colômbia.

Por sua parte, o senador Carlos Filizzola, da coalizão de amplo espectro político que levou à Presidência do país o ex-bispo Fernando Lugo, externou seu "beneplácito" pelo resgate de Betancourt. EFE lb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG