Esqueletos de presos desaparecidos durante a ditadura militar no Paraguai foram encontrados nesta quarta-feira no subsolo de um quartel da polícia em Assunção, utilizado como prisão durante o regime do general Alfredo Stroessner (1954-1989), informaram as autoridades." /

Esqueletos de presos desaparecidos durante a ditadura militar no Paraguai foram encontrados nesta quarta-feira no subsolo de um quartel da polícia em Assunção, utilizado como prisão durante o regime do general Alfredo Stroessner (1954-1989), informaram as autoridades." /

Paraguai encontra corpos de presos desaparecidos na ditadura

Esqueletos de presos desaparecidos durante a ditadura militar no Paraguai foram encontrados nesta quarta-feira no subsolo de um quartel da polícia em Assunção, utilizado como prisão durante o regime do general Alfredo Stroessner (1954-1989), informaram as autoridades.

AFP |

Esqueletos de presos desaparecidos durante a ditadura militar no Paraguai foram encontrados nesta quarta-feira no subsolo de um quartel da polícia em Assunção, utilizado como prisão durante o regime do general Alfredo Stroessner (1954-1989), informaram as autoridades.

A descoberta ocorreu no interior do Grupamento Especializado da Polícia paraguaia, onde eram enterrados corpos de dissidentes mortos em sessões de tortura, segundo organizações de direitos humanos.

As excavações no quartel começaram em 2009, após denúncias de familiares de presos desaparecidos durante a ditadura militar de Stroessner.

erd/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG