Paraguai e Brasil estão em dívida com a Venezuela, diz Lugo

MONTEVIDÉU (Reuters) - Paraguai e Brasil estão em dívida com a Venezuela por atrasar a aprovação da entrada do país no Mercosul, disse na quinta-feira o presidente eleito do Paraguai, Fernando Lugo. Para que a Venezuela seja membro pleno do bloco deve receber a aprovação dos parlamentos de todos os integrantes do Mercosul: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

Reuters |

Quase dois anos atrás, os presidentes dos sócios do bloco aprovaram a entrada da Venezuela no Mercosul, mas os Congressos de Brasil e Paraguai ainda precisam ratificar a decisão.

'Acredito que os brasileiros e os paraguaios estamos em dívida com a Venezuela', disse Lugo em entrevista coletiva em Montevidéu, após reunir-se com o presidente uruguaio, Tabaré Vázquez, durante visita oficial.

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, reclamou em várias ocasiões da demora no processo e chegou a acusar os senadores brasileiros de responder aos interesses norte-americanos por atrasar a aprovação.

(Reportagem de Patricia Avila)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG