Paraguai detém agentes da PF e civil na fronteira com Brasil

(Atualiza com acusação formal e declarações de procurador). Assunção, 22 mar (EFE).- Quatro membros da Polícia Federal (PF) e um civil que perseguiam foram detidos hoje em um incidente ocorrido na cidade paraguaia de Salto del Guairá, na fronteira com o país vizinho, informaram fontes oficiais.

EFE |

Porta-vozes da Polícia dessa cidade, 450 quilômetros ao nordeste de Assunção, disseram à Agência Efe que primeiro foram detidos os agentes Pedro Enmanuel Ferreira Fraga e Gustavo Prata, que perseguiam o também brasileiro Francisco Carlos Vieira.

Vieira, de 48 anos, retornava a território brasileiro em seu carro com nove pneus que tinha comprado em Salto del Guairá, e voltou para o lado paraguaio quando se deparou com a patrulha da PF.

O civil foi perseguido e, em meio a disparos intimidatórios, acabou sofrendo um acidente, o que possibilitou a intervenção da Polícia paraguaia, segundo as fontes.

Posteriormente, a Polícia paraguaia deteve Angelo Conto Gurgel e Elionet de Oliveira, delegado e escrivão, respectivamente, da PF em Naviraí, no Mato Grosso do Sul, que tentaram ajudar os agentes.

Os policiais brasileiros e o civil foram levados à delegacia de Salto del Guairá antes de ser conduzidos a uma audiência com o procurador Ramón Zelaya, que acusou os envolvidos de "usurpação de funções" e porte ilegal de arma em território paraguaio.

O agente do Ministério Público ordenou a transferência dos policiais brasileiros à base regional da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai. EFE lb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG