Paraguai anuncia primeira morte por gripe H1N1

ASSUNÇÃO (Reuters) - O Ministério da Saúde do Paraguai anunciou nesta quarta-feira a primeira morte de um infectado pela gripe H1N1, que já atingiu uma centena de pessoas no país. O homem, de 60 anos, estava hospitalizado na capital Assunção e morreu por causa de um quadro de gripe H1N1 que se agravou por conta de uma crise cardíaca, disse o vice-ministro da Saúde, Edgar Giménez.

Reuters |

Ele confirmou também que uma menina de 12 anos estava internada em estado grave.

Além dos cem contágios confirmados, as autoridades sanitárias monitoram outros 200 casos suspeitos.

Muitos dos casos registrados no Paraguai até agora foram de pessoas que viajaram à Argentina, onde a doença já deixou vários mortos e centenas de infectados.

Semanas atrás, o Paraguai mudou o calendário escolar para adiantar as férias de inverno e tentar conter a propagação da doença.

(Reportagem de Daniela Desantis)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG