Paraguai analisa dois casos suspeitos da gripe

Assunção, 12 mai (EFE).- As autoridades sanitárias do Paraguai informaram hoje que duas pessoas recém-chegadas dos Estados Unidos foram isoladas pela suspeita de ter gripe suína.

EFE |

Segundo Ivan Allende, diretor de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, são duas mulheres que chegaram de Nova York nos dias 8 e 11, respectivamente. Elas estão de quarentena em casa.

"Nenhum destes casos suspeitos apresentou sintomas de infecção respiratória aguda. A ideia é detectar a introdução prévia do novo subtipo para poder estabelecer intervenções de bloqueio", explicou Allende, acrescentando que os resultados saem em uma semana.

O Governo paraguaio decretou estado de emergência sanitária no último dia 5 por conta do alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) pela propagação do surto do vírus, mas até agora não há nenhum caso no país.

O Paraguai só tem voos diretos para Argentina, Brasil e Uruguai, e as conexões aéreas com México e Estados Unidos são feitas com paradas em Peru e Chile.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE rg/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG