Um traficante libanês que supostamente vive no Brasil foi o autor do atentado contra o senador paraguaio Roberto Acevedo, informou nesta terça-feira o Ministério Público paraguaio." /

Um traficante libanês que supostamente vive no Brasil foi o autor do atentado contra o senador paraguaio Roberto Acevedo, informou nesta terça-feira o Ministério Público paraguaio." /

Paraguai acusa traficante libanês por ataque a senador

Um traficante libanês que supostamente vive no Brasil foi o autor do atentado contra o senador paraguaio Roberto Acevedo, informou nesta terça-feira o Ministério Público paraguaio.

AFP |

Um traficante libanês que supostamente vive no Brasil foi o autor do atentado contra o senador paraguaio Roberto Acevedo, informou nesta terça-feira o Ministério Público paraguaio.

Assad Khalil Kiwan, expulso do Paraguai em 2009, foi acusado de "duplo homicídio e tentativa de homicídio" pelo ataque ao senador Roberto Acevedo, no qual morreram os dois guarda-costas do político.

Acevedo recebeu dois tiros mas se recupera bem do ataque, ocorrido no dia 26 de abril passado.

Na ocasião, o senador culpou narcotraficantes brasileiros e paraguaios, entre eles Khalil Kiwan.

Assad Khalil Kiwan, procurado pela Justiça do Líbano por narcotráfico, é um empresário que atuava como dirigente desportivo no Paraguai até ser expulso do país, em 2009, revelou o Ministério Público.

Erd/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG