Paraguai acompanha com atenção operação de tropas do Brasil na fronteira

Assunção, 15 out (EFE).- As forças militares paraguaias continuam atentas à movimentação de tropas que o Brasil realiza na região fronteiriça para combater o contrabando e outros crimes, anunciou hoje o Ministério da Defesa do Paraguai em comunicado.

EFE |

Tanto o Ministério das Relações Exteriores como o da Defesa foram notificados "em tempo e forma" da operação militar do país vizinho na região fronteiriça, diz o documento.

A Operação Fronteira Sul II - que começou no último dia 13 e que vai até o dia 24 - mobiliza cerca de 10.000 militares brasileiros ao longo das fronteiras com Argentina, Paraguai e Uruguai para combater o contrabando e o tráfico de armas e drogas, entre outros crimes.

"Em conseqüência, se dispôs que as Unidades Militares do Paraguai, sem detrimento de suas práticas freqüentes e cotidianas, se mantenham atentas ao desenvolvimento destes exercícios fronteiriços", diz o comunicado, assinado pelo ministro da Defesa Luis Bareiro Spaini.

Ele acrescenta que o Ministério "expressa sua esperança e confiança de que, no âmbito da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e do futuro Conselho de Defesa Sul-Americano, fatos similares aos atuais sejam considerados no marco de diálogos multilaterais para uma efetiva integração ampla e participativa".

EFE lb/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG