Parada do Orgulho Gay exige um dia nacional contra a homofobia no México

Milhares de pessoas participaram neste sábado na Parada do Orgulho Gay no México, quando exigiram que o presidente Felipe Calderón declare 17 de maio como o Dia Nacional contra a Homofobia, a exemplo de outros países.

AFP |

Na organização do evento colaboraram 88 associações civis, 78 empresas e comissões de vários estadosmexicanos que pretendem que o ato tenha um caráter nacional.

Os organizadores calcularam a presença de 200.000 pessoas, mas a polícia deu um número de 20.000.

Durante o Parada, que neste sábado comemora sua trigésima edição no México, foram distribuídos 100.000 camisinhas e realizados testes rápidos e gratuitos de deteção de Aidas, tudo financiado pela Organização Mundial da Saúde.

Segundo as autoridades médicas mexicanas, há cerca de 45.000 casos conhecidos de pessoas infectadas com Aids no país, mas acreditam que a cifra deva ser muito mais elevada.

str/fj/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG