falso e mal-intencionado - Mundo - iG" /

Para Venezuela relatório dos EUA é falso e mal-intencionado

Caracas, 26 fev (EFE).- O Governo venezuelano qualificou hoje de falso e mal-intencionado o relatório elaborado pelo Departamento de Estado americano sobre a situação dos Direitos Humanos na Venezuela.

EFE |

"O Governo bolivariano da Venezuela rejeita o conteúdo falso, mal-intencionado e ingerencista do relatório em questão", diz uma nota emitida pelo Ministério de Relações Exteriores.

Ela acrescenta que é "inadmissível" que "funcionários com o mais obscuro recorde de violações e atropelos à dignidade humana na história contemporânea pretendam se tornar, sem mandato nem legitimidade alguma, em juízes de outros Estados".

Segundo este relatório, a Venezuela teria um sistema judiciário ineficaz e corrupto, haveria discriminação e corrupção em todos os níveis e a imprensa particular estaria submetida a intimidação.

A nota da Chancelaria indica que estas alegações "carecem de fundamentos e constituem a expressão das opiniões antivenezuelanas divulgadas por setores que, dentro e fora do país, se recusam a aceitar que o povo venezuelano seja dono de seu destino".

Além disso, "exige" que os EUA "ponham fim a estas práticas que continuam prejudicando as relações entre nossos Estados e que devem ter como base o respeito, a igualdade e a não ingerência em assuntos internos". EFE rr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG