Para Rússia, escudo antimíssil agrava relações com os EUA

MOSCOU - A Rússia disse na sexta-feira que um acordo para sediar parte de um escudo antimíssil dos Estados Unidos na Polônia prejudicará as relações com Moscou, já tensas após o conflito na Ossétia do Sul.

Reuters |

"Só se pode lamentar que, em meio a essa situação difícil, os norte-americanos estejam agravando as relações com a Rússia", disse o coronel-general Anatoly Nogovitsyn, vice-chefe do Estado-Maior russo, em entrevista coletiva.

Nogovitsyn disse ainda que Rússia e Ucrânia precisam realizar novas negociações sobre o futuro da frota russa no Mar Negro, estacionada na península ucraniana de Criméia.

"A situação atual não pode continuar assim por muito tempo. Precisamos de negociações em formato bilateral para chegarmos a um acordo", disse.

Ele também negou que a Rússia tenha usado bombas cluster --armamento que ao ser disparado solta várias submunições explosivas-- no recente conflito na Geórgia.

Tensão entre EUA e Rússia

A iniciativa dos Estados Unidos de construir instalações de defesa antimísseis no Leste Europeu vem provocando tensões no relacionamento do governo americano com a Rússia.

Os Estados Unidos querem construir um sistema que vai permitir a interceptação de mísseis balísticos. Este sistema envolve radares estacionários e mísseis interceptadores em lugares como o Alasca e a Califórnia. Na Polônia, o plano é instalar dez mísseis.

A Rússia é contra, apesar de o presidente americano, George W. Bush, ter dito que Moscou nada teria a temer, porque os alvos do sistema de defesa americano seriam países hostis, como o Irã e a Coréia do Norte.

Em outubro passado, o então presidente Vladimir Putin chegou a dizer que os planos americanos poderiam levar a uma situação semelhante à Crise dos Mísseis de Cuba, na década de 60, que quase desencadeou um conflito nuclear entre os Estados Unidos e a ex-União Soviética.


Polônia faz fronteira com Ucrânia e Belarus

Leia mais sobre Rússia

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG