WASHINGTON (Reuters) - O mais alto comandante dos Estados Unidos no Iraque disse neste domingo que este é o momento certo para a retirada das forças norte-americanas das cidades iraquianas e expressou confiança na habilidade das forças de segurança locais em assumir maior controle. As forças dos EUA devem deixar as cidades iraquianas até terça-feira.

"Eu penso, de um ponto de vista militar e de segurança, que é tempo de nós sairmos das cidades", disse o general Ray Odierno.

Entrevistado pela rede de CNN, Odierno afirmou: "Nós ainda estaremos conduzindo operações significativas fora das cidades, nos arredores das principais cidades e eu ainda acredito que isto irá permitir que nós mantenhamos a atual situação de segurança e estabilidade aqui no Iraque."

A retirada norte-americana das cidades iraquianas é um importante passo quando, seis anos após a invasão para a derrubada de Saddam Hussein, os EUA estão aumentando a transferência do controle do país para o primeiro-ministro Nuri al-Maliki.

A devolução está baseada em um pacto de segurança que pede que as forças americanas se retirem completamente até 2012.

"Acredito que nós estamos no caminho certo. Eu acredito que a segurança e a estabilidade estarão sendo levadas na direção certa quando nós sairmos no dia 30 de junho", afirmou Odierno.

A violência diminuiu no Iraque no ano passado, mas as tensões cresceram nos últimos dias com uma avalanche de ataques a bomba relacionados com a aproximação da data limite de 30 de junho.

"Eu acho que existem alguns elementos extremistas que estão tentando chamar atenção para um movimento que já foi quebrado", disse Odierno sobre as bombas.

(Reportagem de Vicki Allen)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.