O porta-voz dos talibãs paquistanees vinculados à Al-Qaeda assumiu nesta sexta-feira os atentados suicidas praticados na terça-feira passada contra um grande hotel de Peshawar (noroeste) e hoje, contra um dignitário religioso em Lahore (leste).

"Atacamos o hotel Pearl Continental de Peshawar porque se hospedam nele estrangeiros que conspiram contra o Islã e os talibãs", declarou à AFP por telefone, de um local desconhecido, o mulá Omar, porta-voz do Movimento dos Talibãs do Paquistão (Tehreek-e-Taliban Pakistan, TTP).

"Também nos responsabilizamos pelo atentado suicida contra Sarfraz Naeemi", acrescentou, referindo-se ao chefe religioso crítico aos talibãs e que foi assassinado por um camicaze.

Omar também reivindicou outro atentado suicida praticado contra uma mesquita de Nowsher (noroeste).

Leia mais sobre talebãs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.