Paquistão recupera dois guardas sequestrados

Exército liberta reféns e recupera controle do centro tomado por insurgentes

EFE |

As forças de segurança paquistanesas libertaram neste sábado os dois guardas que um grupo de insurgentes fazia reféns desde o início da manhã em uma base militar na conflituosa cidade de Peshawar, informou à Agência Efe o porta-voz do Exército, Athar Abbas.

"A situação está sob controle. Os dois guardas que foram feitos reféns foram resgatados. Os terroristas se renderam e foram postos sob custódia", explicou Abbas.

Segundo a versão final dos fatos, os insurgentes eram presos que estavam sendo interrogados em um prédio militar, onde mantiveram um enfrentamento com os guardas e que conseguiram entrincheirá-los.

Outras fontes militares, no entanto, relataram a Efe que um grupo com três agressores abriu fogo nesta manhã contra um posto de controle próximo ao consulado dos Estados Unidos, o que acabou gerando o tiroteio.

Pela versão oficial, insurgentes capturaram os guardas e os mantiveram reféns na base, que foi cercada pelas forças de segurança.

Em declarações a Efe, o porta-voz Abbas desmentiu essa versão e assegurou que "não houve nenhum ataque externo".

Os fatos ocorrem em um momento de relativa calma da insurgência no Paquistão, país que desde o fim de julho sofre com graves inundações que alagaram 20% de seu território e afetaram cerca de 20 milhões de pessoas.

    Leia tudo sobre: sequestropaquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG