Paquistão procura autores de ataque contra seleção de críquete do Sri Lanka

A polícia paquistanesa procura os autores do atentado contra a equipe de críquete do Sri Lanka em Lahore (leste do país), que matou seis policiais e dois civis.

AFP |

Cinco pessoas estavam sendo interrogadas, mas a polícia não revelou a identidade dos suspeitos. Os terroristas atacaram o ônibus da delegação cingalesa com granadas e armas automáticas e depois trocaram tiros com as forças de segurança.

As autoridades ofereceram uma recompensa de 125.000 dólares por informações sobre os terroristas.

O chefe de polícia de Lahore, Habib-ur Rehman, afirmou que o atentado foi bem planejado.

"A grande quantidade de armas recuperadas no local do ataque sugere que os terroristas estavam bem organizados e equipados", declarou, antes de afirmar que a polícia encontrou várias minas e dois carros-bombas que não foram detonados.

O ônibus não foi atingido pelo ataque graças à perícia do motorista, Mohamad Khalil, que passou a ser considerado um heroi pelos paquistaneses.

burs-mc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG