Paquistão prende 13 suspeitos de planejar atentados

Treze homens que preparavam atentados suicidas contra alvos importantes foram detidos em duas operações no domingo e nesta segunda-feira no centro e sul do Paquistão, anunciou a polícia.

AFP |

"No domingo prendemos sete homens e apreendemos três casacos repletos de explosivos, assim como detonadores", durante uma operação em Karachi", declarou à AFP Saud Mirza, oficial da polícia.

"Estes homens se preparavam para atacar objetivos importantes como edifícios da polícia e mesquitas xiitas", completou, antes de destacar que os suspeitos integram o movimento ilegal Laskhar-i-Jhangvi, um grupo fundamentalista muçulmano ligado à Al-Qaeda e que tem como objetivo principal atacar a minoria xiita, que representa 20% da população da República Islâmica do Paquistão.

O Laskhar-i-Jhangvi, grupo do Penjab, a província do centro do Paquistão, é acusado de executar atentados nas grandes cidades (Islamabad, Karachi e Lahore) por conta dos talibãs das zonas tribais do noroeste.

Nesta segunda-feira, em Sargodha, em pleno coração do Penjab, foram capturados outros seis "supostos terroristas", segundo Usman Anwar, chefe de polícia do distrito. Também foram apreendidos explosivos.

mhm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG