Paquistão: mais de dois milhões de pessoas fugiram dos combates

O número total de deslocados pelos combates entre o Exército e os talibãs no noroeste do Paquistão desde agosto de 2008 supera dois milhões de pessoas, anunciou o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur).

AFP |

"Segundo os últimos dado, um total de 1.454.377 pessoas foram registradas (como deslocados internos) desde 2 de maio", afirma o Acnur em um comunicado.

"Elas se somam aos 553.916 deslocados internos já registrados na Província da Fronteira do Noroeste desde agosto de 2008", completa a agência da ONU, o que eleva o número total de deslocados internos registrados na província a 2.008.293.

Segundo o alto comissário da ONU para os refugiados, Antonio Guterres, esta crise de pessoas deslocadas "é uma das mais dramáticas" dos últimos tempos.

sga/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG