Paquistão e Afeganistão concordam em estabelecer contatos com talebans

O Paquistão e o Afeganistão concordaram em estabelecer contatos com grupos insurgentes através de um conselho tribal, informou nesta terça-feira uma fonte do governo afegão, após dois dias de discussões sobre uma estratégia para acabar com a rebelião dirigida pelos islamitas talebans.

Redação com agências internacionais |

"Concordamos que devemos estabelecer contatos com a oposição em ambos os países, contatos conjuntos, por meio do jirgagai (mini-conselho tribal)", disse Abdullah Abdullah, chefe da delegação afegã que estava discutindo o assunto em Islamabad.

Segundo ele, estes contatos incluem todos aqueles que estão envolvidos nesta situação de conflito, como talebans e outras milícias.

Os talebans expulsos do poder no Afeganistão em 2001 e combatentes ligados à rede Al-Qaeda se refugiaram nas zonas tribais do Paquistão, fronteiriça com o Afeganistão. Os Estados Unidos e Cabul insistem que este território serve de base para os extremistas para lançar seus ataques contra território afegão.

Diálogo com os EUA

Nesta terça-feira, o diário "The Wall Street Journal" informou que os Estados Unidos estão considerando "decididamente" a possibilidade de negociar com alguns talebans, diante de sua incapacidade de frear a insurgência no Afeganistão e nas regiões fronteiriças do Paquistão.

Segundo a reportagem a idéia conta com o respaldo do próprio general David Petraeus, que a partir da próxima sexta-feira será o comandante para todas as forças americanas em uma zona que abrange tanto o Iraque e o resto do Oriente Médio como o Paquistão, o Afeganistão e os países da Ásia Central.

Os "funcionários anônimos" consultados pelo diário ressaltaram que as negociações seriam principalmente entre o Governo afegão e líderes tribais leais, por um lado, e dirigentes taleban de nível médio ou baixo, por outro, e que os EUA teriam apenas um papel secundário, em apoio às autoridades do Afeganistão.


Leia mais sobre Taleban

    Leia tudo sobre: taleban

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG