única opção - Mundo - iG" /

Paquistão diz que diálogo com Índia é única opção

Islamabad, 29 ago (EFE).- O Governo paquistanês defendeu hoje a necessidade de retomar o diálogo com a Índia como única opção para resolver as diferenças entre os dois países, e atribuiu o atraso no início dos contatos diplomáticos a problemas políticos internos no país vizinho.

EFE |

Em entrevista coletiva em Islamabad, o ministro de Exteriores do Paquistão, Shah Mehmood Qureshi, disse que tanto o Governo quanto a oposição no Paquistão "chegaram a um consenso para avançar rumo ao diálogo" com Nova Délhi e lamentou que, na Índia, não aconteça o mesmo.

Qureshi disse que "o diálogo é a única opção" e que "o Paquistão está preparado" para implementá-lo tanto em território paquistanês quanto em solo indiano ou em outro país.

"Parece que a política interna indiana está tendo um papel importante. Mas prefiro não comentar, é um assunto interno", acrescentou Qureshi.

As declarações do ministro de Exteriores paquistanês ocorrem horas depois de o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, dizer que as relações entre os dois países não são atualmente favoráveis para manter conversas a nenhum nível, segundo a imprensa indiana.

Singh e o primeiro-ministro paquistanês, Yousef Raza Gillani, tinham decidio em julho que representantes manteriam um encontro, e depois haveria outra reunião entre os chefes da diplomacia dos dois países na próxima Assembleia Geral das Nações Unidas, algo que ainda não aconteceu.

As difíceis relações entre Nova Délhi e Islamabad ficarm mais complicadas por causa dos atentados cometidos por um comando terrorista, em novembro do ano passado, na cidade indiana de Mumbai, do qual Nova Délhi acusa o grupo com base no Paquistão Lashkar-e-Toiba.

Desde então, o processo de diálogo que os dois países tinham iniciado em 2004 ficou interrompido. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG