Paquistão diz aos EUA que continua na luta contra terrorismo

Islamabad, 8 abr (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores paquistanês, Shah Mahmoud Qureshi, disse hoje aos Estados Unidos em comunicado oficial que o Paquistão vai continuar com seu papel na luta internacional contra o terrorismo.

EFE |

Segundo a nota, Qureshi transmitiu esta mensagem à secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, durante uma conversa por telefone.

Além disso, o ministro acrescentou que "o desenvolvimento econômico da região tribal" fronteiriça com o Afeganistão, assim como de outras áreas pobres, é elemento-chave "para enfrentar as ameaças do terrorismo e do extremismo".

Os EUA aprovaram recentemente um plano qüinqüenal de ajuda à região tribal paquistanesa no valor de US$ 750 milhões.

A chefe da diplomacia americana, que ligou para Qureshi para felicitá-lo pela posse da pasta de Assuntos Exteriores, qualificou as relações bilaterais entre Estados Unidos e Paquistão de "importantes" e ratificou o compromisso de continuar intensificando-as.

O primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gillani, assegurou há poucos dias que seu Governo terá conversas com os insurgentes que optarem por depor as armas, algo que despertou a preocupação de Washington. EFE igb/bba/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG