Por Daniel Trotta e Zeeshan Haider

NOVA YORK/ISLAMABAD (Reuters) - O Paquistão prendeu nesta terça-feira alguns familiares do homem detido em Nova York acusado de levar um veículo carregado de bombas para a Times Square, informaram autoridades da segurança.

Por Daniel Trotta e Zeeshan Haider

NOVA YORK/ISLAMABAD (Reuters) - O Paquistão prendeu nesta terça-feira alguns familiares do homem detido em Nova York acusado de levar um veículo carregado de bombas para a Times Square, informaram autoridades da segurança.

Faisal Shahzad, nascido no Paquistão e naturalizado norte-americano, disse às autoridades dos Estados Unidos que teria agido sozinho na tentativa frustrada de atentado a bomba no sábado, mas investigadores céticos estão procurando mais informações sobre sua recente visita ao Paquistão, disse uma fonte da segurança.

Shahzad, de 30 anos, foi pego na noite de segunda-feira depois de ser retirado de um avião da Emirates que estava pronto para decolar com destino a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Horas depois, alguns parentes e um amigo foram detidos no Paquistão.

"Nós pegamos alguns membros da família" ligados a Shahzad, disse um agente de segurança em Karachi, no Paquistão. Um amigo de Shahzad também foi detido.

Shahzad é da disputada região da Caxemira, mas não se sabe ainda se é filiado a algum grupo militante, disse uma fonte ligada à investigação que pediu para não ser identificada.

Ele deve se apresentar diante do tribunal federal ainda nesta terça-feira para responder acusações de cometer ato de terrorismo e tentativa de usar arma de destruição em massa, entre outras.

Segundo especialistas, se a bomba tivesse sido detonada, muitas pessoas teriam morrido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.