Paquistão detém 74 pescadores indianos por transpor fronteira

Islamabad, 25 mar (EFE).- As autoridades paquistanesas detiveram hoje 74 pescadores indianos acusados de ter entrado em águas do Paquistão ilegalmente, informou uma fonte oficial.

EFE |

A Agência Paquistanesa de Segurança Marítima (MSA, sigla em inglês) deteve os pescadores no porto de Karachi, sul do país, por terem violado os limites territoriais marítimos, explicou um porta-voz do organismo, citado pelo canal privado "Dawn".

Além disso, as autoridades confiscaram dos pescadores um total de 13 embarcações, acrescentou a fonte.

As detenções de pescadores indianos e paquistaneses em águas do país vizinho são frequentes e, em algumas ocasiões, os detidos chegam a passar meses sob custódia.

As duas potências se encontram imersas em uma crise diplomática após o ataque terrorista à cidade de Mumbai, na Índia, em novembro.

Nova Délhi responsabiliza pelo atentado o grupo fundamentalista Lashkar-e-Toiba, uma organização com base no Paquistão que luta pela anexação da disputada região da Caxemira a esse último país. EFE igb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG