Paquistão considera submarino nuclear indiano ameaça ao sul da Ásia

Nova Délhi, 27 jul (EFE).- A Marinha paquistanesa considera que o novo submarino nuclear indiano é um passo rumo à desestabilização da região e um perigo para a paz e o equilíbrio no sul da Ásia, disse hoje um porta-voz militar.

EFE |

O porta-voz da Marinha paquistanesa, Salman Ali, assegurou em declarações ao canal de televisão "Geo TV" que a introdução do primeiro submarino nuclear indiano pode desencadear uma corrida armamentista na região com efeitos sobre o Índico.

"O Governo (paquistanês) decidirá sobre a fabricação de um submarino nuclear, já que a Marinha está completamente preparada para materializar qualquer decisão do Governo", disse Ali.

O submarino nuclear indiano, INS Arihant, foi apresentado no domingo no leste do país em cerimônia militar que contou com a presença do primeiro-ministro, Manmohan Singh, que o qualificou como uma "conquista histórica" e negou que representasse uma ameaça à região.

A Marinha indiana disporá no final deste ano de outro submarino nuclear, o Akula, de fabricação russa. EFE daa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG