Paquistão confirma prisão de alto comandante do Taleban

O Exército paquistanês confirmou nesta quarta-feira que o alto comandante do Taleban, o mulá Abdul Ghani Baradar, foi capturado.

iG São Paulo |

"Após a conclusão de um procedimento detalhado de identificação, foi confirmado que uma das pessoas presas é o mulá Baradar", afirmou o Exército, acrescentando que o local de sua prisão e outros detalhes não podem ser divulgados por questões de segurança.

Autoridades dos EUA e paquistanesas, que não quiseram ser identificadas, afirmaram na terça-feira que Baradar foi capturado na cidade paquistanesa de Karachi em uma operação de agentes americanos e do Paquistão.

Nº 2 do Taleban

O pouco que se sabe sobre o mulá Baradar é que ele seria o segundo homem do grupo, atrás apenas em influência ao líder espiritual do Taleban, o mulá Muhammad Omar, que está foragido desde os ataques do lançados pela Al-Qaeda contra os EUA no 11 de Setembro de 2001.

Os serviços de inteligência americanos esperam agora que Baradar possa fornecer informações sobre o paradeiro do mulá Omar.

Segundo Mark Mardell, editor da BBC para a América do Norte, o mulá Baradar é "um peixe grande" que administra as operações do Taleban no dia-a-dia, tanto militar quanto financeiramente.

Ele alocaria fundos do Taleban, nomearia comandantes militares e desenvolveria táticas militares.

Segundo alguns relatos, Baradar teria pedido aos seus militantes que não entrassem em confronto direto com soldados americanos, mas que usassem táticas de guerrilha.

Ele seria responsável pela tática do Taleban de plantar dispositivos explosivos improvisados ao lado de ruas e estradas.

Leia mais sobre Taleban

    Leia tudo sobre: taleban

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG