(Atualiza o número de vítimas) Islamabad, 30 ago (EFE).- Pelo menos 14 policiais morreram hoje em um ataque suicida contra um centro de treinamento policial em Mingora, a principal cidade do conflituoso Vale do Swat, no Paquistão, informaram fontes oficiais.

O chefe da Polícia do distrito de Malakand, Idress Khan, disse, em entrevista coletiva divulgada pela agência estatal "APP", que o suicida pulou o muro do centro e detonou a carga que levava no campo onde os cadetes faziam treinamento.

Doze agentes, entre eles um instrutor, morreram na hora, enquanto outros dois morreram no hospital por causa dos ferimentos sofridos no atentado, que deixou também mais 14 feridos.

O ministro da Informação da Província da Fronteira Noroeste, Mian Iftikhar Hussain, citado pelos canais de televisão "Dawn" e "Geo TV", tinha informado antes das morte de 12 pessoas no ataque, ocorrido no centro de treinamento das forças especiais da Polícia próximo à delegacia de Mingora.

Afirmou que cerca de 70 policiais estavam no campo no momento do atentado.

Segundo a "Geo TV", que citou seu correspondente na zona como fonte, depois da explosão, houve um forte tiroteio na área.

As forças de segurança isolaram a área depois da explosão, que gerou pânico entre a população das proximidades, onde todos os mercados e negócios foram fechados imediatamente. EFE igb-ja/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.