a médio prazo - Mundo - iG" /

Paquistão aceita repatriar refugiados afegãos a médio prazo

Islamabad, 28 ago (EFE).- O Governo do Paquistão, que pretendia que todos os refugiados afegãos em seu território fossem repatriados em 2009, aceitou rever sua estratégia para conseguir que este processo seja feito a médio prazo, informou hoje o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

EFE |

O alto comissário da ONU para os Refugiados, António Guterres, definiu com o Executivo paquistanês que este revise "a estratégia de repatriação", de acordo com a "realidade no terreno "em ambos os países, segundo um comunicado do Acnur.

Na sua visita de três dias ao Paquistão, Guterres se reuniu com o primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gillani, representantes das províncias fronteiriças e delegações dos Ministérios de Assuntos Exteriores e do Interior.

"A estratégia irá além de 2009", disse o organismo na nota, e acrescentou que o Paquistão "aceitou que é um imperativo que a situação no Afeganistão melhore para que a repatriação seja sustentável".

O acordo alcançado entre o Acnur e o Governo paquistanês não fixa novos prazos limite, mas indica que a repatriação deve ser feita a médio prazo e que as partes envolvidas devem trabalhar estreitamente com o Executivo afegão para resolver a situação.

Além disso, decidiram fazer uma chamada à comunidade internacional para aumentar em US$ 135 milhões a ajuda econômica para um programa de ajuda nas regiões da Província da Fronteira Noroeste e do Baluchistão (sudoeste), onde os refugiados têm uma presença mais forte. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG