Paquistão abre fogo contra helicópteros da Otan

As forças da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) no leste do Afeganistão afirmam que militares paquistaneses abriram fogo contra seus helicópteros em um posto militar de fiscalização. A aliança militar ocidental diz que suas aeronaves não ultrapassaram a fronteira para o espaço aéreo paquistanês, mas receberam disparos de uma arma leve perto do distrito de Tanai, na província de Khost.

BBC Brasil |

Em sua página na internet, a Otan afirma que os helicópteros de sua Força Internacional de Assistência de Segurança (Isaf, na sigla em inglês) realizavam uma "operação de rotina no Afeganistão".

A declaração acrescenta que não ocorreram danos e diz que ninguém ficou ferido. A Isaf afirma que está trabalhando com os militares paquistaneses para resolver o assunto.

Incidentes
O último incidente ocorreu em meio à crescente tensão gerada por problemas na fronteira entre Paquistão e Afeganistão.

No começo da semana, soldados paquistaneses dispararam tiros contra helicópteros americanos, perto da fronteira, segundo autoridades locais.

Uma aeronave teleguiada de espionagem, que seria operada pela CIA (agência de inteligência americana), caiu em território paquistanês na quarta-feira.

As tensões na fronteira entre os dois países cresceram no último mês, depois que os Estados Unidos aumentaram o número de incursões contra militantes do Talebã.

O Exército do Paquistão afirmou que vai defender a soberania do país e tem o direito de retaliação em caso de violações de sua fronteira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG