KARACHI, 7 de março (Reuters) -- Agentes de segurança paquistaneses prenderam um porta-voz da Al-Qaeda americano que é procurado nos Estados Unidos, onde é acusado de traição à pátria, disseram autoridades de segurança paquistaneses no domingo. Adam Gadahn, um nativo da Califórnia que se converteu ao islamismo, foi o primeiro americano a ser acusado de traição à pátria desde a Segunda Guerra. Ele já apareceu em vários vídeos da Al-Qaeda publicados na internet ameaçando cometer atos de violência contra os EUA.

A captura de Gadahn é a mais recente de uma série de prisões de militantes pelo aliado americano Paquistão que estão aumentando as esperanças de que haja uma ação mais combinada com o Paquistão contra o Taliban e a Al-Qaeda num momento em que os EUA lutam contra os grupos terroristas dentro do Afeganistão.

(Por Faisal Aziz)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.