Paquistaneses partidários de Bin Laden protestam contra Israel

Milhares de pessoas se reuniram nesta sexta-feira na região sudoeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão, para protestar contra os ataques israelenses na Faixa de Gaza, gritando apoio a Osama bin Laden, líder da rede terrorista Al-Qaeda.

AFP |

A manifestação na cidade de Chaman foi organizado pelo partido Jamiat Ulema e Islam. A polícia local calculou em 3.000 pessoas o número de manifestantes.

"Viva Osama bin Laden!", gritavam os presentes, que exibiam cartazes com frases como "a jihad (guerra santa) é a única forma de tratar Israel", "Parem de matar pessoas inocentes na Palestina" e "Parem as atrocidades contra os muçulmanos".

Também gritaron "Morte a Israel, morte aos Estados Unidos e morte a Grã-Bretanha".

"Os países muçulmanos deveriam fechar as embaixadas dos Estados Unidos e Israel, e declarar a jihad contra Israel", afirmou o líder local do partido, Maulvi Mohamad Hanif, para a multidão.

str-mmg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG