CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Bento 16 fugirá da rotina e receberá na sexta-feira o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, em uma torre medieval do Vaticano, retribuindo a calorosa recepção oferecida em abril na Casa Branca. O pontífice normalmente recebe dignitários visitantes em seu apartamento privado do Palácio Apostólico, com vista para a praça de São Pedro.

Mas Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, disse que a mudança de cenário é um sinal de retribuição pela 'cordialidade na reunião da Casa Branca'.

A torre de São João é uma estrutura circular no topo de uma colina, dentro dos jardins do Vaticano. Às vezes, o local é usado para acomodar hóspedes ilustres.

Depois da reunião privada, Bush e o papa vão passear pelos jardins, onde passarão por uma estátua de Nossa Senhora.

O falecido João 23 (papa de 1958 a 63) mandou restaurar a torre para que ali ele pudesse trabalhar com tranquilidade.

Bush ficará em Roma de quarta a sexta-feira. Ele visita também Eslovênia, Alemanha, Itália, França e Grã-Bretanha na atual visita.

(Por Philip Pullella)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.