Papa reza pela paz em Belém na Missa do Galo

O Papa Bento 16 orou pela paz em Belém, terra onde nasceu Jesus, na tradicional Missa do Galo, celebrada nesta noite de Natal, na presença de uma multidão na Basílica de São Pedro, o maior templo da cristandade, no Vaticano.

AFP |

A missa, a mais importante do calendário litúrgico católico, ao lado da celebração de Páscoa, teve início com uma procissão do Papa Bento 16 e dos 32 cardeais que participaram da liturgia.

Diante de milhares de fiéis, Bento 16 convocou os cristãos a rezar "para que a paz chegue a Belém, para que cesse todo o ódio e a violência" no país onde "Jesus viveu e que ele amou profundamente", em alusão à antiga Palestina, hoje dividida entre vários estados do Oriente Médio.

Reuters
Missa do Galo, celebrada pelo Papa no Vaticano

"Rezamos para que se desperte a compreensão recíproca, para que se dê uma abertura de corações que abra as fronteiras".

Durante sua homilia, Bento 16 evocou as crianças, e, em particular, as vítimas do abandono e da violência: meninos e meninas "aos quais são negado o amor de seus pais", meninos de rua, crianças soldados, crianças vítimas da pornografia e de outras formas de abomináveis abusos".

A comemoração do nascimento de Jesus, "o menino de Belém, é um novo chamado para que façamos todo o possível para acabar com o sofrimento destas crianças, para fazer todo o possível para que a luz de Belém chegue ao coração dos homens".

A Missa do Galo foi assistida por vários membros do corpo diplomático acreditado na Santa Sé e, pela primeira vez, pelo presidente do Senado italiano, Renato Schifani, que retornou recentemente do Líbano, onde se encontrou com os soldados italianos que participam da Finul.

A celebração foi transmitida por canais de TV de todo o mundo, que, pela primeira vez, não pagaram pelos direitos de imagem.

A missa foi rezada em latim, italiano, língua com a qual o Papa fez a homilia, espanhol e inglês, durante as leituras da Bíblia, e francês, hindi, ewondo (língua camaronesa), alemão e português, nas orações.

Casais de Peru, Filipinas e Índia foram escolhidos para apresentar as tradicionais oferendas ao Papa.

Após a missa do Galo, o Papa irá rezar diante de um presépio instalado em uma capela lateral da basílica de São Pedro.

O Natal comemora na tradição cristã o nascimento de Jesus, o Deus feito homem que veio à Terra para salvar o mundo.

Leia mais sobre: Missa do Galo

    Leia tudo sobre: missa do galo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG