Papa ressalta contribuição de ex-presidente filipina a ordem política justa

Cidade do Vaticano, 1 ago (EFE).- O papa Bento XVI expressou hoje sua profunda tristeza pela morte da ex-presidente das Filipinas Corazón Aquino, da qual ressaltou sua rejeição à violência e à intolerância, e sua contribuição à reconstrução de uma ordem política justa.

EFE |

Assim afirmou um telegrama enviado em seu nome pelo secretário de Estado vaticano, o cardeal Tarcisio Bertone, ao arcebispo de Manila, Gaudencio Rosales, no qual o pontífice transmitiu à família da ex-presidente suas orações pelo eterno descanso de Corazón.

O papa ressaltou na carta "o valente compromisso" de Corazón Aquino "para a liberdade do povo filipino, sua forte rejeição à violência e à intolerância, e sua contribuição para a reconstrução de uma ordem política justa e coesa em sua amada pátria". EFE JL/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG