Papa responde a perguntas de fiéis em programa de TV

Em participação inédita na televisão, Bento 16 aconselha criança japonesa, muçulmana da Costa do Marfim e mais cinco pessoas

iG São Paulo |

O papa Bento 16 fez história nesta sexta-feira ao responder a perguntas de fiéis em um programa de televisão. Segundo o Vaticano, foi a primeira vez que isso aconteceu na história da Igreja Católica.

A participação de Bento 16 no programa "A Sua Imagem" foi gravada na semana passada e exibida pela emissora italiana Rai nesta sexta-feira. O papa respondeu a sete perguntas, escolhidas entre cerca de 3 mil enviadas via email por fiéis de vários países.

AP
Em Roma, na Itália, fiéis assistem participação de Bento 16 em programa de TV

O tema mais frequente entre as questões foi "sofrimento". A primeira questão foi feita por uma garota japonesa de sete anos traumatizada pelo terremoto seguido de tsunami que atingiu o país em março. Ela perguntou ao papa o motivo de crianças terem de sentir medo e tristeza.

Bento 16 respondeu que faz a si mesmo as mesmas perguntas. "Por que é assim? Por que vocês devem sofrer tanto enquanto outros vivem na comodidade? Não temos as respostas, mas sabemos que Jesus sofreu como vocês, inocente, e que o Deus verdadeiro, que se mostra em Jesus, está a seu lado", afirmou. "Isso me parece muito importante, ainda que não tenhamos respostas, ainda que a tristeza permaneça."

Uma fiel italiana perguntou ao papa se o filho que está em coma há fois anos ainda tem alma. Bento 16 respondeu que sim. "É como uma guitarra com cordas quebradas que já não podem ser tocadas", comparou. "O instrumento do corpo está frágil e vulnerável desta forma, então a alma não pode 'tocar'. Mas ela ainda está presente."

Entre os fiéis que questionaram o papa também estava uma mulher muçulmana e moradora da Costa do Marfim, que pediu um conselho sobre como lidar com o conflito em seu país, assolado pela violência desde as eleições de novembro.

Bento 16 respondeu que os marfinenses devem olhar para Cristo como um exemplo de paz. "A violência nunca vem de Deus e nunca traz nada de bom. É um meio de destruição, não o caminho para driblar as dificuldades", aconselhou.

As respostas de Bento 16 foram gravadas pela CTV, centro televisivo do Vaticano, na biblioteca do Palácio Apostólico. Na noite desta sexta-Feira Santa, ele vai presidir a cerimônia da Via Sacra, que revive o percurso feito por Jesus até a crucificação.

Com BBC

    Leia tudo sobre: papabento 16religiãosemana santa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG