Papa recebe a mulher que o agrediu na Missa do Galo

O Papa Bento XVI recebeu, ao término da audiência geral no Vaticano, Susanna Maiolo, a mulher com problemas mentais que o derrubou na entrada da Basília de São Pedro antes da Missa do Galo, em 24 de dezembro.

AFP |

"Foi um breve encontro na sala anexa à sala Paulo VI", explicou o porta-voz do Papa, padre Federico Lombardi.

"Maiolo pediu desculpas ao Santo Padre. O Papa, por sua parte, afirmou que a perdoava e se informou cordialmente sobre suas condições de saúde", afirmou Lombardi.

No dia 24 de dezembro, Susana Maiolo avançou sobre o Papa, aparentemente para lhe mostrar afeição, mas acabou derrubando o Sumo Pontífice, que pôde, porém, continuar celebrando a missa. No empurra-empurra que seguiu, o cardeal francês Roger Etchegaray, 87 anos, caiu e sofreu uma fratura do fêmur. Ele foi operado com sucesso.

Segundo a imprensa italiana, a jovem, que já tinha feito uma tentativa semelhante na Missa do Galo de 2008, disse aos médicos que não queria machucar o Papa, mas "pedir a ele ajuda para os fracos e oprimidos".

fka/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG