Papa pede respeito pelo semelhante independente da religião ou cor

O Papa Bento XVI pediu nesta sexta-feira respeito pelo semelhante independente da cor de sua pele, sua nacionalidade, seu idioma ou sua religião, e afirmou que é necessário ensinar esses valores às crianças para garantir a paz no mundo.

AFP |

"Desde muito pequenos, é importante ser educado no respeito ao outro, inclusive quando é diferente de nós", afirmou o Papa ao celebrar a primeira missa de 2010.

Assinalando que nas escolas é cada vez mais frequente ver crianças de nacionalidades diferentes juntas, Bento XVI disse que "seus rostos representam a profecia da humanidade que estamos convidados a formar: uma família de famílias e de povos".

"O outro é um irmão dentro da humanidade, não um adversário ou um inimigo", acrescentou em sua homilia, pronunciada ante os embaixadores creditados na Santa Sé.

fka/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG