Papa pede redescobetra da doação em um mundo cheio de interesses

Roma, 14 fev (EFE).- O papa Bento XVI fez hoje um apelo para que os fiéis católicos redescubram as dimensões da doação e da gratuidade em um mundo caracterizado pela lógica do lucro, Para promover uma pacífica convivência que ajude os homens a se reconhecerem como membros da única família humana é importante que as dimensões da doação e da gratuidade sejam redescobertas como elementos constitutivos do viver cotidiano e das relações pessoais, disse o papa durante uma visita a um abrigo para pobres administrado pela organização católica Cáritas de Roma.

EFE |

"Tudo isso, cada dia, vira algo cada vez mais urgente em um mundo no qual, no entanto, parece prevalecer a lógica do lucro e da busca do interesse próprio", acrescentou.

A visita do pontífice ao albergue da Cáritas se enquadra no "Ano europeu da luta contra a pobreza e a exclusão social", promovido pelo Parlamento Europeu e a Comissão Europeia (o Executivo da União Euopeia).

"Desejo encorajar não só os católicos, mas todo homem de boa vontade, em particular os que têm responsabilidades na administração pública e nas distintas instituições, a se comprometerem com a construção de um futuro digno para o homem", afirmou Bento XVI.

Esse futuro deve ser construído a partir da redescoberta "na caridade da força capaz de impulsionar um autêntico desenvolvimento e a consolidação de uma sociedade mais justa e fraternal", acrescentou o pontífice. EFE mcs/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG