Cidade do Vaticano, 23 ago (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje aos católicos do mundo que sejam obstinados e não se contentem em serem superficialmente apegados à fé católica, embora, algumas vezes, os ensinamentos de Jesus possam ser duros.

"Jesus não se conforma com um apego superficial e formal, não lhe é suficiente uma primeira e entusiasta adesão. É necessário, ao contrário, participar durante toda a vida de seu pensar e de seu querer", afirmou o pontífice na residência de verão de Castelgandolfo, próxima a Roma.

"Seguir Jesus enche o coração de alegria e dá sentido pleno à nossa existência, mas comporta dificuldades e renúncias, porque muito frequentemente é preciso ir contra a corrente", acrescentou Bento XVI durante a reza do Ângelus.

O papa, que pela primeira vez apareceu sem o gesso que cobria seu punho direito desde 17 de julho e que brincou sobre o fato de sua mão ainda estar um pouco "mole", pediu aos católicos que permaneçam fiéis à fé, que "é um dócil testemunho da palavra do Senhor, que é a lâmpada para os passos e uma luz no caminho".

"Também hoje, não poucos ficam escandalizados com o paradoxo da fé cristã. O ensino de Jesus parece duro, difícil demais para assumi-lo e colocá-lo em prática. Há, portanto, quem o rejeite e abandone Cristo. Há quem tente adaptar a palavra às modas dos tempos, alterando seu sentido e valor", concluiu. EFE mcs/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.